03 junho 2008

24 horas de ténis



Parabéns ao mister Rabaça (que quando deu a entrevista já estava com muitas horas em cima pá...) e a todos quantos no CLAC se têm esforçado para dinamizar e divulgar a modalidade.

É pena que ao nível do desporto comunitário se esqueça que não há só futebol, e que as infra-estruturas e apoios públicos à prática desportiva estejam tão ocupadas com o futebol. E eu até gosto de futebol, mas custa-me que a mínima preocupação com outras práticas tenha sempre tantos entraves, quando, ao mesmo tempo, o futebol é protegido como um ex libris

Na verdade, e apesar de poder envolver muitos praticantes a nível competitivo, o apoio à prática do futebol peca por não conseguir suprir a necessidade da prática desportiva generalizada (não, desporto de bancada ou de sofá não conta), retirando apoios a uma diversificação da oferta desportiva, que capte o interesse e a participação de camadas distintas da população, ao contrário do que acontece com o futebol.


Verdade seja dita que é melhor, ainda que pouco, as autarquias investirem no futebol do que fazerem rotundas, repuxos, mamarrachos, relvados consumidores de água, energia e horas de trabalho em tratamento, boletins de propaganda, etc.

Etiquetas: , , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

<< Home

Subscrever Enviar comentários [Atom]